Estórias de um Pescador - Mestre Lídio

Publicado em 08/09/2016 às 19h05

Mestre Lídio, nascido e criado na Barra do Paraguaçu, Baía de Todos os Santos. Filho do Mestre Veríssimo, Carpinteiro Naval, construtor de muitos barcos e Saveiros que navegaram e continuam a navegar na Bahia. A história da Baía passou por suas mãos e por seus olhos atentos. Mestre Lídio comandou o Ferry Boat até seus 82 anos. Hoje, com seus 85 anos e muita lucidez, tem muita história pra contar.  Ele me contou algumas de suas lembranças ainda muito vivas em sua memória, mesmo tendo se passado 60 anos, os detalhes ainda povoam sua mente com a emoção do momento.
Uma de suas primeiras estórias foi a pescaria de um Mero de 85 kg a bordo de sua canoa de vela. Na ocasião estava Ele e sua esposa, Tia Lau, hoje com 82 anos, sua alma gêmea, casados há mais de 60 anos, estavam na canoa, precisando pescar um bom peixe para garantir o sustento da família, quando perceberam a fisgada do peixe que logo começara a luta pela sobrevivência. Nessa hora, a habilidade do pescador é determinante. Mestre Lídio conseguiu domar o peixe e trazê-lo a contrabordo da canoa, pois o peso era muito para que os dois conseguissem colocá-lo na canoa. Então, o levaram amarrado a contrabordo da canoa até o Porto da Barra do Paraguaçu.
E eu pensei que esse havia sido seu maior peixe, mas não, houve um Mero bem maior, e essa pescaria foi premeditada em sonho. Mestre Lídio me contou que dias antes havia sonhado que um amigo tinha lhe dito que havia perdido um grande peixe próximo à Pedra Mole, e lhe indicou o lugar. E, num belo dia, estava indo sozinho pescar na Pedra Mole, quando um conhecido pediu para ir junto, esse não era pescador experiente. Mestre Lídio resolveu ir no lugar onde sonhara e lá lançou a isca, quando em pouco tempo o peixe mordeu a isca para começar a batalha. Essa é uma batalha onde impera o respeito, pois Pescador e Peixe lutam pela sobrevivência com dignidade. E, o peixe logo cansou, Mestre Lídio o trouxe para o bordo da canoa que por muitas vezes esteve prestes a virar com os golpes do peixe. Esse era um imenso Mero de 170 kg. Mestre Lídio e seu amigo tiveram que descer da canoa e ir puxando-a pela margem do Rio com o peixe amarrado a contrabordo até chegar na Barra.
Mas, a estória mais impressionante estava por vir, e essa aconteceu há exatamente 60 anos, também no Rio Paraguaçu, quando um pescador solitário de São Roque do Paraguaçu teve sua canoa puxada por um enorme peixe desconhecido, e foi sendo arrastado rio abaixo, e ao chegar próximo à Barra do Paraguaçu, começou a acenar com o chapéu para os pescadores da Barra, onde estava o Mestre Lídio. E começou a juntar pescador para ajudar, e foram em oito canoas munidos de arpões, e tudo o mais que podiam usar para um grande peixe. E foram sendo levados até a Ilha do Medo onde o peixe descomunal sucumbiu depois de um dia inteiro de luta. Das oito canoas, só ficaram três até o fim da batalha. E Mestre Lídio teve que ir rebocá-los, trazendo o imenso peixe. Tratava-se de uma Jamanta de 1200 kg, nunca haviam encontrado uma tão grande por aquelas águas. Essa ficou para a história dos pescadores da Barra do Paraguaçu. Mestre Lídio é o único daquela turma toda de pescadores de 60 anos atrás. Traz consigo todas as estórias vividas num tempo longínquo nesse Mar abençoado da Baía de Todos os Santos, especialmente na Barra do Paraguaçu.

Tenho muito orgulho em dizer que Mestre Lídio é meu Padrinho do Mar!

Barra do Paraguaçu

Juntos há mais de 60 anos

Pescadores da Barra do Paraguaçu

 

Comentários

Paulo Cesar Linhares em 12/09/2016 23:11:02
Bonita estoria
José Luiz Azeredo em 12/09/2016 17:04:04
O mundo seria bem melhor se tivéssemos muitos Mestres Lidios e Tias Lau, parabéns Eldon por ter um padrinho do mar tão especial!

Enviar comentário

voltar para Blog Velas do Mucuripe

left show tsN fwB|left tsN fwB|left show fwB|bnull|||news login fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR b01 c05 bsd|normalcase c05 b01 bsd|login news normalcase fwR b01 c05 bsd|tsN normalcase fwR b01 c05 bsd|b01 normalcase c05 bsd|content-inner||